Páginas

quarta-feira, 6 de abril de 2011

PLAQUETAS, QUAL A SUA FUNÇÃO?


Plaquetas no Sangue




Você sabe o que é e para que serve as plaquetas no Sangue?


As plaquetas são fragmentos da célula que estão presentes no sangue.

Como são formadas as plaquetas

As plaquetas são formadas na medula óssea sua produção é estimulada pelo trombopoietina formado no fígado.

Função das plaquetas no Sangue

A principal função das plaquetas é participação do processo de coagulação sanguínea.
As plaquetas também são chamada de trombócito.

Quantidade Plaquetas no Sangue

Um pessoa normal tem entre 150.000 à 400.000 plaquetas por mm3 de sangue, uma pessoa com um volume menor de 150.000 pode sofrer sérias consequências de saúde.
Já que as plaquetas percorrer a corrente sanguínea fazendo a limpeza, quando o número de plaquetas cai a pessoa pode desmaiar e senão for socorrida a  poderá morrer.

Tempo de Vida das Plaquetas

As plaquetas ficam circulando no sangue entre 9 a 10 dias, depois são sequestradas e destruídas pelo Baço,

Sintomas das Plaquetas baixa

- manchas roxas ou esverdiadas no corpo
- sangramentos
- tonturas

Plaquetas e o Baço

O Baço é um importante órgão que ajuda na renovação das plaquetas no sangue e o seu mal funcionamento pode fazer com que a produção de plaquetas seja diminuida, o que trará grave consequência a saúde da pessoa.

Porque o Baço é tão importante?

Porque o Baço controle e destróia as células do sangue que serão renovadas.
O Baço possui duas partes uma parte branca que trabalha na defesa ou seja imunização criação de anticorpos que ajudam a combater as infcções e a parte vermelha que tem a funções de remover as células inúteis do sangue como exemplo as hemácias defeituosas.

Caso Real problemas de Plaquetas devido ao mal funcionamento do Baço

Minha esposa fez uma cirurgia de esplenectomia ou seja foi removido o Baço devido ao mesmo está destruindo as plaquetas e não estava renovando, mas agora está bem melhor, já que outros órgãos já assumiram o papel do Baço principalmente no combate as infecções.
O número de plaquetas caiu de uma vez só e com isso ela sentia muita falta de Ar e começava a passar mal, era um problema chamado PTI – Púrpura Trombocitopénica Iidiopática um tipo de doença em que o número de plaquetas diminuia.
Mas agora graças a Deus está tudo bem, a quantidade de plaquetas está acima da média ou seja mais de 250.000 por mm3 de sangue, esse número chegou aos 400.000 mas como tem um bebê a  o número diminui devido a .

O que aconteça quando ocorre um excesso de Plaquetas no Sangue?

Denominado Trombocitemia que é o excesso de plaquetas no sangue com isso a coagulação no sangue é mais do que normal o que gera um grande problema.
Quando ocorre o excesso as plaquetas formam uma coagulação acima do normal fazendo com que o fluxo de sangue seja diminuido ou até mesmo interrompido o Baço é o Fígado podem aumentar de tamanho devido ao problema.
Se no hemograma a quantidade de plaquetas for superior a 500.000 para cada mm3 de sangue, podendo chegar em alguns casos as 1.000.000 mm3 no sangue.
O Tratamento é feito pela ingestão de medicamentos até que o volume seja reduzido a níveis de uma pessoa normal.
Se o medicamento não estiver fazendo efeito o médico deve recorrer a Plaquetaférese ou seja as plaquetas serão removidas do sangue e depois é devolvido o sangue sem as plaquetas que foram separadas, tudo utilizando um outro tipo de medicamento.
Wikipedia

25 comentários:

  1. Se o numero de plaquetas for bom e o problema esteja do funciomaneto delas qual é o problema?
    Pois o meu filho está com o numero bom e com problema no funcionamento e está sangrando muito pelo nariz e pela fezes...

    ResponderExcluir
  2. Bom dia,

    O número de plaquetas dentro dos padrões normais que são 150.000 a 400.000, não quer dizer que não podemos ter hemorragias, vamos lá sangramento nasal pode está relacionado a vários aspectos, até mesmo uma cavidade nasal pequenas, esforço respiratório com rompimento de capilares, pressão arterial.
    Agora a melena (fezes com sangue), pode ser algum problema gastro uma úlcera gástrica, teria que fazer uma endoscopia para melhor avaliar, não é normal ter esses sangramentos, leve num médico para avaliações e exames.
    Bem possível o médico receitar um hemoblock (transamin) para conter essas hemorragias ou até mesmo (hemax 4.000ui).
    Mais tem que quantos episódios teve esses sangramentos e ocasiões tem que se fazer uma anamnese sobre isso.
    Espero ter ajudado.

    Abraços
    Sergio Brito

    ResponderExcluir
  3. oi tenho uma amiga qe fez um exame de sangue, e ela tem apenas 42.000 plaquetas no sangue.
    o medico mandou ela procurar um especialista, e nao disse nada mais... ela tem algum problema serio?

    ResponderExcluir
  4. Ao Anônimo acima.
    Bom dia, acabei de chegar de mais um plantão, respondendo a sua pergunta.

    Como já tinha dito antes o número de plaquetas nom adulto e crianças são de 150.000 a 400.000 por mm3 de sangue.

    Já as plaquetopenias ou diminuição do número de plaquetas podem ser hereditárias como síndrome de Wiskott-Aldrich, de Bernard Soulier e de Fanconi ou adquiridas (púrpura trombocitopênica idiopática secundária a doenças auto-imunes, anemias aplásica e magaloblástica, coagulopatias de consumo, malária, dengue (viroses), leucoses e outras).

    Então tem que investigar por que ela está com suas plaquetas diminuidas, somente com exames mais complexos para esclarecer, tem que observar se ela não está tendo hemorragias.
    Espero ter ajudado, abraço.

    ResponderExcluir
  5. oi meu filho tava apenas com 5 mil plaquetas depois de uma garnde luta chegou a 43 mil ele corre algum risco

    ResponderExcluir
  6. po favor eu to aflita e peço um conselho oq fazer ele ta com 30 anos e teve essa doença quando criança qual os melhores alimentos para aumentar as plaquetas?

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, primeiramente tem que saber por que baixou tanto as plaquetas do seu filho, qual a causa para poder combater, 43 mil é bem baixo ainda mais muito melhor que 5 mil, pode ainda ter hemorragias, tem que subir ainda essas plaquetas, agora risco somente o pediatra que esta acompanhando o caso de perto que pode dizer, melhoras para o seu filho.

    ResponderExcluir
  8. Na verdade não tem dieta eficaz para este fim, mas podemos lançar mão de alimentos que sejam benéficos para a medula, colaborando para ativar o sistema a produzir mais plaquetas.

    Existem alguns remédios caseiros que podem ser úteis na prevenção e tratamento da baixa contagem de plaquetas no sangue. É necessário incluir frutas cítricas, ovos e fígado em sua dieta, desta maneira oferecemos nutrientes úteis, entre eles ferro, para impulsionar a produção de células do sangue.
    Use o óleo de fígado de bacalhau ou de óleos de semente de linho, fortalecem o sistema imunológico, reduzem a inflamação, melhora a circulação e aumenta a sua taxa do bom colesterol.
    Consumir grande quantidade de folhas verdes e legumes, aumenta o nível de hemoglobina do sangue circulante e ajuda a combater a causa dos baixos níveis de plaquetas.
    Tomates são carregados com as vitaminas e minerais e têm forte ação anti-oxidante, que irá ajudá-lo a aumentar a contagem de plaquetas.

    ResponderExcluir
  9. Prezados,

    Meu pai fez a retirada da prostata a 1 anos devido a um cancer. A 3 meses foi diagnosticado um novo tumor proximo ao estomago com 4cm.
    Ele esta fazendo quimio a 3 meses e ontem no exame de sangue deu que ele esta com 15 plaquetas... Isso mesmo 15! O hematogista disse que provavelmente ele terá que fazer uma transfusão de sangue e parar com a quimio.
    Ele reclama de não conseguir ir nem na esquina que se sente muto cansado.
    Qual a opinião do senhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, desculpa pela demora, pura ralta de tempo e mais algumas coisas, nunca tinha visto alguem com numero tao baixo assim de plaquetas, realmente a quimio deve dar um tempo ate ele subir as plaquetas, pois a quimio ja e bastante agressiva, mais e realmente 15 plaquetas ta estranho.

      Excluir
  10. Um médico me falu uma vaz que o nível de estresse é um forte regulador de plaquetas. Quanto mais estresse, menos paquetas temos. Interesante isso.

    ResponderExcluir
  11. meu pai fez exame de sangue em 10/2012suas plaquetas estava em 119 plaquetas a medica disse que estava dentro das normalidades,pedimos um novo exame em 01/2013 deu 100 plaquetas,a medica disse que estava dentro das normalidades,levei em outro Medico ele me disse que esta bom,mas em caso de ter que fazer alguma cirurgia o caso ja seria diferente nao estaria bom,fizemos outro exame deu 92 plaquetas,o que o sr.me recomenda a fazer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, tem que verificar porque as plaquetas estao caindo, tem que pesquisar mudar de medico e fazer novos exames.

      Excluir
  12. Ola minha Filha esta com as plaquetas 77 mil ha quinze dias e não sobe, o Medico disse q não tem perigo, é para repetir o exame daqui 1 mes, eu acho muito tempo, Não é ? Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, como você sabe que a quinze dias as plaquetas dela estavão em 77.000?
      Realmente esperar um mês para novo exame parece muito tempo mais você pode solicitar um HC dela em qualquer laboratorio particular para comparar e verificar se esta baixando, mantendo ou teve aumento, tem que ver se ela tem outros sintomas tambem como mialgia, vomito, cefalei e outros.
      Mais o médico que peiu um novo exame no período de um mês ta acompanhando o quadro dela e tem seus motivos.
      Na sorologia de dengue aqui pedimos num prazo de três dias apos o inicio dos sintomas e acompanhamos com HC diario.

      Excluir
  13. tenho 62 anos, fiz exame de sangue minha plaquetas deu 221.000 e normal.grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O número de plaquetas dentro dos padrões normais que são 150.000 a 400.00.

      Excluir
  14. Ola. Estou morando no Japao há 3 anos. Faco acompanhamento do meu diabetes trimestralmente. O numero de minhas plaquetas vinham diminuindo e nem fui avisada pelo medico japonês. Num exame que fiz por outro motivo, o medico que havia solicitado o exame disse que minhas plaquetas estava menos da metade do mínimo normal. Dificil conversar através de interprete que nem sempre entende termos médicos. O que posso fazer tao longe de casa e dos recursos a que estamos acostumados? O médio não me deu nenhuma instrucao a seguir. Não sei o que fazer e o perigo dexxa baixa das plaquetas. (uma brasileira perdida no japao)

    ResponderExcluir
  15. meu marido esta com as plaquetas baixas, e o médico disse que não é nada,falou pra fazer caminhada, acredita??? o que fazer????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá desculpa a demora pois estou saindo de um plantão e entrando em outro.
      Atividade física faz bem para tudo.

      Excluir
  16. tenho 43 anos estou assustada minhas plaquetas esta 111 oque faço maria

    ResponderExcluir
  17. Desculpa, suas plaquetas estão 111 ou 111.000? Se for a segunda opção não precisa entrar em pânico, está dentro do aceitável.

    ResponderExcluir
  18. 442 foi dia 13/03 , 487 dia 17/03 acho que é bom né, estou tentando descobrir pq meu cabelo cai tanto!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia ao amigo de cima.
    Atualmente a contagem do número de plaquetas existentes no sangue é através da técnica de impedância (resistividade), de forma automatizada. Quando estamos com dúvidas na contagem do número das plaquetas, exemplo número muito baixo, no realizamos a contágem “manual”.

    O valor normal das plaquetas é de:

    150.000 a 350.000/mm3 – recém-nascidos até 5 meses de idade.

    150.000 a 450.000/mm3 – a partir de 6 meses e adultos

    Um elevado número de plaquetas no sangue periférico resulta de intensa produção pela medula óssea (hiperplasia megacariocítica). Os megacariócitos são as células da medula ósse que formaram as plaquetas. Os paciente também apresentam esplenomegalia e clínicamente pode ocorrer de sangramentos e/ou episódios de trombose.

    Os critérios laboratoriais para confirmação diagnóstica são:
    1. Contagem plaquetária acima de 600.000/mm3 em duas ocasiões diferentes, com intervalo de um mês; e
    2. Biópsia de medula óssea mostrando proliferação da linhagem megacariocítica com número aumentado de megacariócitos grandes e maduros.

    Adicionalmente, devem ser afastadas as seguintes doenças policitemia vera (PV), leucemia mielóide crônica (LMC), mielofibrose (MF), síndrome mielodisplásica (SMD) e trombocitose reativa:

    O especialista que cuida destas doenças é o hematologista.

    O termo trombocitemia significa aumento das plaquetas no sangue.

    ResponderExcluir